domingo, junho 03, 2007

Rambling thoughts

Algumas pessoas não conseguem lidar com a honestidade alheia.
Um amigo meu costuma dizer que existem verdades que não precisam ser ditas.
E eu concordo, até certo ponto.
Que não se digam algumas verdades, que não trazem benefício algum, para poupar alguém de um desconforto ou até mesmo de uma tristeza, eu concordo.
Mas não é desta honestidade que eu falo.
Eu falo de uma honestidade mais abrangente.
De quando você expõe suas idéias, seus medos, anseios, dúvidas, incertezas.
Algumas pessoas considerariam esta disposição em manifestar tais sentimentos uma fraqueza.
Não eu.
Nunca tive medo de assumir minhas fraquezas.
Não me sinto confortável com elas. Não.
Eu sinto que dou um passo importante rumo ao meu crescimento pessoal quando aprendo algo de novo ao compartilhá-las.
Não me sinto pior ou melhor que ninguém quando o faço.
Sinto-me humana.
Mas eu aprendi que existem pessoas que se sentem ameaçadas por esta honestidade.
Parece que a verdade é demais para elas.
E tudo o que eu posso dizer é que eu sinto muito.
Não mudo uma vírgula do que disse ou do que fiz.
Cada um é dono de sua consciência.
Ao menos a minha, esta me pertence.


Jimmy Cliff "Sunshiney Day"

6 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Acho que devemos ser honestos com nós mesmos. Encarar nossas fraquezas e virtudes. Agora... esta nossa verdade intensa, nua e crua... talvez só algumas pessoas podem invadir e entender. Como interpretar tanta honestidade sendo ético e justo? Só para alguns. Agora, podemos nos mostrar aos poucos, e sempre sermos verdadeiros!!!

    Seu blog é muito bom. Coloquei um link dele no meu blog tá??

    O meu é http://atomosdamente.blogspot.com.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  4. Leorah10:27 AM

    Algumas vezes, sinto-me humana também. Gosto do seu texto.

    ResponderExcluir
  5. dInteressante este espaço.

    Boa semana.

    ResponderExcluir
  6. Fomos ensinados a mentir desde pequenos. Pequenas mentiras. Mentiras brancas. Hoje, já nem lembramos mais pq mentimos, então pq se preocupar em dizer a verdade?
    Gostei muito do seu blog. Beijos

    ResponderExcluir