quinta-feira, março 09, 2006

Menino

A tatuagem no braço
Tem história
Os cabelos crescidos, em desalinho, outras tantas
Homem querendo ser menino
Menino ensaiando pra ser gente grande
Não suspeita
Dos desejos que desperta
Passa...
E com ele outros passos
E olhares
E abraços
E beijos
Que nem sequer foram
Quem sabe um dia serão...
E são
Em outros braços
Em outros lábios
de um outro único e eleito coração!

(Para Edu)

4 comentários:

  1. a tatuagem... do braço sai e vai direto ao coração.

    conjunto de pensamentos... mais que perfeitos.

    Beijos, carinho.

    ResponderExcluir
  2. de muito bom gosto, palavras e pensamentos. (A)braços - tatuados - e afetivos.

    ResponderExcluir
  3. Lindo o poema!!! Teu blog é D+::: Beijinhos e tenha um ótimo final de semana::::::

    ResponderExcluir
  4. Nossa, ate me errepiei, namoro um Edu e esse poema o descreve... achei uma coisa inesplicavel, coincidencia... destino, suas palavras me tocaram, me deixaram emocionada! Parabens

    ResponderExcluir